UEL mantém suspensão de atividades acadêmicas e administrativas presenciais até 19 de outubro

Ato Executivo – Nº 41/2020 – publicado pela Reitoria da UEL nesta quarta-feira (9) mantém a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas presenciais até 19 de outubro, considerando o momento epidemiológico enfrentado pela população de Londrina e do Paraná, conforme análise do Grupo de Trabalho sobre Coronavírus da UEL. O novo Ato Executivo reforça ainda que todas as ações deverão ser desempenhadas, sempre que possível, remotamente, ou em regime de escala.

Esse é o sétimo Ato Executivo emitido pela Reitoria visando a suspensão das atividades presenciais e incentivando o trabalho remoto como forma de proteger os membros da comunidade universitária e evitar a proliferação do Coronavírus/COVID-19. Como nos decretos anteriores, o novo texto exclui do trabalho remoto as atividades consideradas essenciais como segurança patrimonial, manutenção e limpeza, além dos serviços de saúde.

O novo Ato Executivo prevê a dispensa do trabalho presencial de pessoas consideradas de risco, como gestantes, maiores de 60 anos e portadores de doenças e comorbidades, devidamente comprovadas por atestado médico. Nesses casos os servidores poderão exercer o teletrabalho.

Conforme o documento, membros da comunidade universitária que realizarem atividade presencial nos espaços públicos da UEL deverão se atentar ao uso obrigatório de máscaras e demais cuidados, como lavar as mãos com frequência e manter o distanciamento entre as pessoas.

Leia a integra do Ato Executivo 41/2020 abaixo.

Prorrogação da suspensão das atividades acadêmicas e administrativas presenciais

30-7-2020-susp

Novo Ato Executivo estende suspensão das atividades presenciais
Agência UEL/Pedro Livoratti


Ato Executivo (36/2020) publicado pela Reitoria da UEL nesta quinta-feira (30) mantém a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas presenciais e dos eventos públicos até o próximo dia 13 de setembro, reforçando que todas as ações deverão ser desempenhadas, sempre que possível, remotamente, ou em regime de escala. O novo decreto exclui do trabalho remoto as atividades consideradas essenciais como segurança patrimonial, manutenção e limpeza, além dos serviços de saúde.

O novo Ato Executivo prevê a dispensa do trabalho presencial de pessoas consideradas de risco, como gestantes, maiores de 60 anos e portadores de Diabetes Mellitus, doenças cardíacas e respiratórias crônicas ou que reduzam a imunidade, devidamente comprovadas por atestado médico. Nesses casos os servidores poderão exercer teletrabalho, sem qualquer prejuízo às atividades. Ainda de acordo com o texto, a comunidade universitária que realizar atividade presencial nos espaços públicos da UEL deverá se atentar ao uso obrigatório de máscaras. Servidores que atuam no atendimento da saúde deverão seguir as recomendações orientadas pelas administrações superiores, com uso de EPI adequado à função.

A decisão da Reitoria foi amparada nas orientações do Grupo de Trabalho Técnico para gerenciamento de questões relativas ao COVID-19 da UEL, considerando ainda Leis e Decretos de atribuições dos governos municipal, estadual e federal que dispõem sobre cuidados, procedimentos e prevenção ao Coronavírus.

UEL mantém suspensão de atividades presenciais até o próximo dia 2 de agosto

01-07-2020-suspe

Agência UEL/Pedro Livoratti

Ato executivo divulgado no final da manhã desta quarta-feira (1º) pelo Gabinete da Reitoria prorrogou a suspensão das atividades acadêmicas presenciais e dos eventos públicos da UEL até o próximo dia 2 de agosto, com exceção do trabalho considerado essencial, como a área da saúde e a segurança patrimonial, desde que sejam seguidas todas as recomendações para garantir a segurança e a saúde. As atividades acadêmicas, conforme decisão do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), foram retomadas a partir dessa semana, somente de forma remota.

De acordo com o texto, as atividades administrativas da UEL deverão ser desempenhadas, sempre que possível, remotamente, ou em regime de escala para evitar aglomerações de pessoas. O Ato Executivo determina também o uso de  máscaras de tecidos, preferencialmente, para todos os estudantes, professores e agentes universitários que necessitarem realizar qualquer atividade presencial no Campus e nos demais espaços públicos.

A decisão considerou Leis e Decretos dos Governos Estadual e Municipal, além de recomendações de órgãos sanitários como a Organização Mundial de Saúde (OMS) que apontam aumento expressivo de casos confirmados em Londrina e no Paraná, indicando a aceleração da transmissão do Sars-Cov-2 e, com isso, o agravamento no momento epidemiológico da região.

Reitoria da UEL prorroga suspensão de atividades presenciais até 31 de maio

Agência UEL/Pedro Livoratti

O reitor da UEL, Sérgio Carvalho, assinou nesta quarta-feira (29) novo ato executivo mantendo a suspensão das atividades acadêmicas presenciais, bem como a realização de eventos em todas as unidades da UEL até o próximo dia 31 de maio, como medida necessária para conter a transmissão do Coronavírus. A decisão foi tomada após reunião virtual realizada na manhã desta quarta pelo Grupo de Trabalho Técnico para gerenciamento de questões relativas ao COVID-19.

De acordo com o novo Ato Executivo, servidores que não apresentem sintomas da doença e que necessitam manter atividades consideradas essenciais, deverão utilizar de máscaras de tecidos, preferencialmente. Atividades presenciais como bancas de defesa, aulas de pós-graduação ou demais eventos se mantém suspensos até o final do próximo mês.

Durante a reunião, os membros do Grupo de Trabalho Técnico ressaltaram a importância em seguir todas as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) para combater a pandemia, como o isolamento social, uso de máscaras e cuidados com a higienização.

Combate – Com a decisão, a instituição soma esforços no combate à COVID-19 em constante diálogo com a Prefeitura do Município de Londrina, com a Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Secretaria de Saúde e demais órgãos do governo do Estado, e com as demais Universidades Estaduais, em consonância com o plano estadual de enfrentamento à doença que encaminhou estratégias importantes como a suspensão das aulas presenciais nas escolas públicas e Universidades por meio do decreto nº 4.230.

O reitor da UEL reforçou que a manutenção da suspensão é um desafio que se coloca diante de uma instituição com mais de 20 mil pessoas, que mantém atividades rotineiras com grande concentração nos mesmos locais e que registra fluxo de visitantes de vários locais do país. “O retorno das atividades provocaria grande deslocamento de pessoas em Londrina e região e até em outros estados. Essa é a característica do nosso trabalho”, destacou. Ele demonstrou preocupação com a saúde dos servidores, professores e de estudantes. Dessa forma, o reitor classificou a decisão como técnica, integrada ao trabalho que está sendo realizado pelo Governo Estadual e pela Prefeitura de Londrina.

Ele explicou que a Administração da UEL continua monitorando constantemente os dados epidemiológicos locais e do país, buscando atuar em consonância com as autoridades sanitárias e de saúde pública para que a Universidade possa fazer parte da solução deste grave problema.

Veja aqui a íntegra do ato executivo 29

CORONAVÍRUS

Considerando o Ato Executivo da Reitoria da UEL, n. 16/2020 – Que trata do assunto Coronavírus

Artigo 4º
Determinar a suspensão de todas as palestras, seminários, eventos culturais e esportivos, com promoção da UEL, ou de outros órgãos, em parceria com a UEL, a partir do dia 16 de março de 2020, até comunicação ulterior.

Ficam suspensas todas as atividades no Teatro Ouro Verde até ulterior deliberação. Não haverá atendimento pessoal no Teatro, maiores informações somente pelo e-mail ouroverde@uel.br

_20200316_112932

Concerto Final da Masterclass de Regência Orquestral

Concerto Masterclass de Regência Orquestral 2020

Orquestra Sinfônica da UEL realiza nesta quinta-feira, dia 13, o Concerto Final da Masterclass de Regência Orquestral sob a condução dos alunos de regência Bartolomeu Vaz, Daniel Mindu, Eduardo Sahão, Felipe Biesek, Jhonatan Santos e Thiago Santos. O Curso de Extensão, promovido pela Casa de Cultura/UEL com apoio da Pró-Reitoria de Extensão da UEL, está sendo ministrado pelo Maestro Alessandro Sangiorgi desde a segunda-feira e conta com a participação de 20 alunos de diversas partes do Brasil. O concerto, com entrada gratuita, começa às 20h30 no Cine Teatro Ouro Verde. No programa: a “Serenata para Cordas” de Nepomuceno, o recitativo e ária “E Suzanna non vien – Dove sono i bei momenti” (da  Ópera “As Bodas de Fígaro” de Mozart) com a participação especial da soprano Havilá Porto e, para encerrar, a Sinfonia nº 41 (“Júpiter”) também de Mozart.
Serviço:
Concerto da Orquestra Sinfônica da UEL
Data: 13/fevereiro, quinta-feira
Horário: 20h30min
Local: Cine Teatro Universitário Ouro Verde

Entrada gratuita limitada a capacidade de público do Teatro

Curso de Extensão “Masterclass de Regência Orquestral”

Masterclass de Regência Orquestral 2020

Estão abertas as inscrições para o Curso de Extensão “Masterclass de Regência Orquestral” que tem por objetivo oportunizar o desenvolvimento e qualificação para regência de uma orquestra sinfônica sob a orientação do Maestro Alessandro Sangiorgi (renomado profissional da área e regente titular da OSUEL). O curso se desenvolverá no Cine-Teatro Universitário Ouro Verde com aulas práticas (16 horas junto à Orquestra Sinfônica da UEL) e 24 horas de aulas teóricas. Será trabalhado o seguinte repertório: a “Serenata para Cordas” de Nepomuceno, o recitativo e ária “E Susanna non vien – Dove sono i bei momenti” (da Ópera “As Bodas de Fígaro”) e a “Sinfonia nº 41 – Júpiter” de Mozart. Ao fim do curso, serão escolhidos alguns alunos participantes para reger a Orquestra Sinfônica da UEL no Concerto Final da Masterclass de Regência no dia 13/02 às 20h.
Data do curso: 10 a 13/02/2020
Período de Inscrição: até 06/02/2020 pelo link http://www.uel.br/eventos/insc/?id=5651
Valor da inscrição: R$ 50,00 (pagamento através de boleto bancário gerado no ato da inscrição)
Público alvo: Professores e estudantes de música e instrumentistas musicais interessados na performance de regência orquestral.
Candidatos interessados na categoria de performance em regência orquestral, realizar a inscrição online e enviar link de vídeo com duração entre 05 a 10 minutos para o e-mail masterosuel@gmail.com. Candidatos interessados na categoria ouvinte, realizar a inscrição online.